Guerra Santa: No Brasil, só não já houve uma Guerra Santa por causa dos católicos!

No desfile da escola de samba Gaviões da Fiel, na madrugada do domingo, 3 de fevereiro, em São Paulo, a agremiação causou a maior polêmica no carnaval.

O grande problema é que a comissão de frente da escola levou para o Anhembi uma encenação mostrando uma luta ente Jesus Cristo e Satanás – cuja luta -, quem sai vitorioso no final, aparentemente, é Jesus, é óbvio. O grande problema é que, segundo a Gaviões da Fiel, não é Jesus que lutava com Satanás e sim, um santo chamado, Santo Antão.

No entanto, as vestis desse Santo é igualzinha as vestis do dia em que Jesus foi crucificado na cruz! Como coincidência pouca é bobagem, o Santo ainda usava uma coroa de espinhos. Isso sem contar que, um dia após toda essa polêmica, um dos integrantes da Gaviões publicou um vídeo no facebook xingando as pessoas de idiotas e ignorantes, pois, não se tratava de Jesus Cristo lutando e sim, Santo Antão.

Contudo, o coreógrafo da comissão de frente, Edgar Júnior, afirmou durante uma entrevista que era pra provocar e chocar o público. Saiba mais sobre o assunto lendo esse meu outro post: Gaviões da Fiel causa polêmica no desfile e entra em contradições!

Guerra Santa no Brasil?

Não é de hoje que os católicos são provocados por congregações de outra(s) religião(os). Aliás, se fizer uma pequena pesquisa no Google, você vai ver que a outra religião, é a evangélica, que adora provocar a fé dos Católicos Apostólicos Romanos.

No entanto, no caso da polêmica envolvendo o desfile da Gaviões da Fiel, a bancada evangélica TAMBÉM tomou as dores e entrou com ações para que a escola responda por suas ações perante à justiça. Leia o post! Porém, isso só aconteceu porque a Gaviões satirizou Jesus Cristo no sambódromo no Anhembi. Duvido que alguém da bancada evangélica tomasse às dores caso fosse Nossa Senhora, mãe de Jesus!!!

Sagrado coração de jesus e de Maria!
Sagrado coração de jesus e de Maria!

Afirmo isso porque os evangélicos acham que Jesus é filho de chocadeira. Ou seja, não foi Maria Santíssima que deu à luz ao Nosso Senhor, salvador do mundo.  Ele simplesmente apareceu já nascido lá na manjedoura.

Isso sem contar que os evangélicos adoram condenar com toda convicção de que os católicos adoram imagens, mas esquecem que na passagem da bíblia diz; “não julgueis para não ser julgado“. (Lucas 6:37)

Esse post aqui não foi escrito para afirmar que a religião católica é melhor que a religião evangélica. No entanto, se você fizer, de novo, uma rápida pesquisa, os resultados mostram que os evangélicos provocam, não só os católicos, como outras congregações religiosas. Isso é um fato!

Retrospectiva!

Na quarta-feira de cinzas do ano passado, a cantora gospel, Aline Barros, provocou os católicos ao afirmar que; “por dedução lógica, os católicos não são filhos de Deus”.

Após a polêmica estourar na rede social, a cantora apagou o post, mas não conseguiu inibir os protestos na sua página do Facebook. Como se a provocação não fosse o bastasse, a diva da música gospel provocou ainda mais, afirmando que o show que ela iria fazer na cidade de São Luiz, não iria ser a quarta-feira de cinzas, mas sim, “quarta-feira do fogo”. Acesse e leia!

Isso sem contar que a cantora ainda debochou da hóstia que os católicos recebem na comunhão, afirmando que a hóstia consagrada é uma bolachinha branca. Aline Barros também teria falado que; “não quer que os católicos toquem suas músicas na missa para adorarem um pedaço de pão”. Acesse e leia!

Depois dessas declarações absurdas, a cantora passou uma semana sendo atacada em sua página do facebook. Merecidamente!

Tem mais polêmica!

Aline Barros não foi a única debochar e causar polêmica com a fé do povo! O que dizer da modelo Rebeka Francis, autodenominada “Miss Bumbum Evangélica”, visitou a edição 2015 da Erótika Fair, uma feira destinado ao público, digamos assim “pagã”, entrevistou a representante de uma linha de produtos eróticos voltados para casais evangélicos. Sinceramente, não preciso dizer mais nada. Acesse e leia!

E o que dizer da Andressa Urach! A sister ficou conhecida por ficar em segundo lugar no concurso Miss Bumbum 2012. Em Abril do mesmo ano, Urach saiu nua na revista Sexy. Não satisfeita, em 2013 a musa saiu de novo nua na edição de setembro da revista Sexy.

Em 2014, ao tentar buscar o padrão de beleza inigualável, a ex-miss bumbum quase morreu ao fazer uma aplicação de hidrogel nas pernas. Agora, só porque se converteu ao evangelismo, fica criticando meio mundo, fazendo canalzinho no YouTube afirmando que sexo antes do casamento é considerado prostituição, que homem não pode se masturbar sozinho, têm que ser na frente ou junto com a esposa. Acesse e leia!

Aí eu pergunto: Com que moral Andressa Urach vem a público afirmar que isso pode, aquilo não pode, isso pode se for em casal e blá, blá, blá? Fala sério! É tanta prepotência e hipocrisia que dá dor de cabeça. Ela virou evangélica ou consultora sexual no YouTube?

É claro que a internet não perdoou e lhe desceu o sarrafo, lhe rotulando de ‘santinha de pau oco’. O que eu acho incrível é que esses artistas, ao se converterem para Deus, parecem que eles sofrem uma lavagem cerebral e esquecem do seu passado e saem condenando todos que não praticam à sua religião.

Isso sem contar que esses artistas convertidos fazem questão de aparecer na mídia e anunciam aos quatro cantos do mundo que virou evangélico, faltando apenas anunciar em horário nobre na Rede Globo que se converteu para Cristo.

Infelizmente, no meio evangélico, rola muita hipocrisia, ganância, desconhecimento bíblico e outros mais… É claro que existem evangélicos exemplares! Contudo, a cada dia parece ser uma espécie em extinção! Eles criticam tanto os católicos, especialmente se referindo a idolatria às imagens, mas desconhecem que Colossenses 3:5 adverte que a ganância também é idolatria. Não podemos generalizar. Isso porque também há católicos hipócritas, gananciosos e outros mais!

Enquanto a igreja católica não toma partido algum em relação à política, muitos pastores milionários compram horários inteiros de emissoras regionais e fazem questão de apoiar candidatos a Câmera e ao Senado e fazem questão de aparecer na propaganda partidária aos braços. Quem aí viu a propaganda política na televisão na última eleição (2018) sabe de quem estou falando!

Intolerância religiosa!

A intolerância religiosa cresce a um ritmo frenético em nosso país. Lembram daquele caso dos “traficantes evangélicos”, como há mídia os apelidou?! Os meliantes aparecem depredando um centro espírita. A vítima ficou acuado de tal maneira que acabou concordando com os traficantes. Sem saída, a dona do lugar acabou deixando o país!

Veja bem: não estou afirmando que essa intolerância religiosa foi mandada por algum evangélico, mas a situação é gravíssima. Dúvida?

Outro caso de intolerância religiosa aconteceu com a jovem, Kailane Campos, de apenas 11 anos. A menina foi apedrejada durante a saída do culto candomblecista (candomblé).

“O que chamou a atenção foi que eles começaram a levantar a Bíblia e a chamar todo mundo de ‘diabo’, ‘vai para o inferno’, ‘Jesus está voltando’”, afirmou a avó da menina, Káthia Marinho. Na delegacia, o caso foi registrado como preconceito de raça, cor, etnia ou religião e também como lesão corporal. Acesse e leia!

Fato: o que me chamou atenção dessa intolerância religiosa foi o fato dos agressores estarem com uma bíblia na mão. Isso pode provar que esse ato de agressão poderia te partido de um evangélico. Por que afirmo isso? Simples: católico(s) não fica(m) andando com a bíblia na mão julgando ninguém.

Na verdade, é algo extremamente raro você ver um católico com uma bíblia na mão na rua! Pode até ter, mas, só o fato de alguém estar com uma bíblia na mão, certamente, todos vão achar, por dedução lógica, de que se trata de um evangélico, já que eles tem esse costume, de andarem com a bíblia na mão em locais públicos. #fato

Outro caso interessante ocorreu em 2012, quando a edição de outubro da revista Placar colocou na capa o jogador Neymar crucificado na cruz, fazendo uma comparação infeliz sobre o jogador que foi apelidado de cai-cai com a crucificação de Jesus. Leia!

E o que dizer da Transexual Viviany Beleboni, que apareceu ‘crucificada na cruz‘ durante a 19ª parada Gay (2015) em São Paulo? Apesar de a Viviany ter cedido uma série de entrevistas em diversas mídias explicando o que lhe motivo fazer tal “atuação”, a jovem, que também é atriz, chegou a ser agredida na rua devido ao seu ato frondoso e desrespeitoso.

Por que já não aconteceu uma Guerra Santa no Brasil?

Simples! Os católicos são muito pacíficos!

Quando eu digo católicos, também estou me referindo aos espíritas, candomblecista (…). Dificilmente você escuta algum católico julgando outras congregações religiosas. Agora, o que tem de notícias de evangélicos falando mal de católicos, espíritas, candomblecista – afirmando que são tudo uns macumbeiros e adoradores de imagens, não está no gibi. É só fazer uma simples busca! A internet está aí pra isso, pra se informar e não ficar só compartilhando um monte de idiotices nas redes sócias!

No entanto, as outras congregações religiosas respeitam e toleram outros irmãos. Sabe por quê? Porque Deus é um só! Tanto faz se forem católicos, evangélicos, candomblecistas, espíritas (…) no final das contas, todos estão buscando uma coisa; a ‘salvação’, a vida eterna no paraíso junto de Jesus, Maria e seus Santos e Anjos.

Então, pra que ficarem se agredindo, falando mal de outras religiões, afirmando que – a minha religião – é a que salva, e a religião de Cicrano, Beltrano e Cipriano vão tudo pro inferno. Isso é a maior besteira!

No entanto, se os católicos fossem como os religiosos do profeta Maomé, já teria acontecido uma Guerra Santa no país há muito tempo, dês daquela época em que o pastor aparece chutando uma imagem de Nossa Senhora. Lembra?

Os religiosos do profeta Maomé não TOLERAM NADA, absolutamente NADA! Lembra do caso da charge do jornal Charlie Hebdo em Paris, onde os redatores publicaram uma caricatura satirizando o profeta Maomé?

Pois então, depois dessa publicação, a redação do jornal foi atacada pelos fiéis, em um ato terrorista que deixou 12 mortos e 11 feridos. Leia!

Agora, graças a Deus, os católicos são muito pacíficos, porque se fossem como os fiéis do profeta Maomé, com certeza, em algum momento, já teria havido uma Guerra Santa, porque motivos e situações atípicas é o que não falta. #fato

O último caso foi o do desfile da Gaviões da Fiel, cuja a pauta foi o início deste post. Apesar dessa afronta, a igreja católica mostrou-se, literalmente, neutra. Ou seja, a igreja CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA não teve nenhum ato de repúdio contra essa PROVOCAÇÃO do desfile da Gaviões. É como se não tivesse acontecido nada!

Nem um padre “famoso”, com muitos seguidores nas principais redes sociais se manifestou! Nenhuma nota de repúdio! Nada!

Olha, não quero, jamais, colocar lenha na fogueira, mas tem situações que a IGREJA têm que se impor, tomar alguma atitude para que tal afronta não se repita ou não aconteça coisas piores. Porque, não é de hoje que a igreja católica é desrespeitada e atacada.

Espero que esse post sirva de alerta!

Fiquem na paz!